Redução de chuvas faz colheitas se iniciarem em MG, e umidade elevada afeta venda do milho

25/Feb 2022 09:16  - Atualizado 4 meses atrás

Bom Despacho Chuva mercado do milho Minas Gerais Patos de Minas podcast

Em Minas Gerais, amanhecemos em clima de tensão após os desdobramentos do conflito entre a Rússia e a Ucrânia. Rapidamente os preços reagiram, e já tivemos alta tanto do milho quanto da soja, dependendo da região. É preciso acompanhar de perto a variação do dólar e o mercado de fertilizantes, fortemente influenciado pela Rússia, que causa impacto direto no valor das commodities aqui no Brasil. 

Em Bom Despacho, por exemplo, a cotação da soja, que marcava R$178, já pulou para a casa dos R$182 a saca. O milho, por sua vez, tem preço girando na casa dos R$95 e R$96, como visto também em Pará de Minas. Em Patos de Minas, tivemos uma alta no milho, já que registrava preços a R$92,50,  e registra pedidos na casa de R$94. 

O mercado em geral se mantém estagnado, com baixa procura por parte dos compradores que registram estoques mais cheios. A ver se esse comportamento irá manter, tendo em vista as movimentações do mercado internacional. 

O ritmo da chuva diminuiu e as colheitas da safra começaram a avançar em maior escala. Contudo, também vemos antecipação da colheita, sobretudo do milho, colhido com umidade relativamente elevada. Dessa forma, os produtores estão recorrendo a silos para realizar a secagem, antes de iniciar as negociações spot. 

Bernardo Lopes