Preços no transporte rodoviário de grãos aumentam expressivamente em janeiro

22/Feb 2022 14:24  - Atualizado 4 meses atrás

Agronegócio Mercado Interno Milho Soja Transporte

Aumento foi motivado pela alta na demanda de vazão da soja, e a tendência é aumentar ainda mais em fevereiro

Em Boletim Logístico, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) informa que houve um aumento expressivo nos preços do transporte rodoviário de grãos, com destaque para a cotação do frete em Mato Grosso, que alcançou os valores mais altos do território brasileiro em janeiro. Acredita-se que o principal motivador no aumento se deu pela produção e exportação de soja, que quebrou recordes ao longo do primeiro mês do ano.

Com a alta no consumo mundial de proteína, houve um aumento na demanda mundial de soja, principal insumo para alimentação dos animais. A produção da oleaginosa, mesmo com a quebra de safra no sul devido a intempéries climáticas, alcançou números expressivos, sendo maior do que o mesmo período na temporada anterior. O setor logístico, no entanto,  não estava preparado para absorver a alta na demanda de vazão da soja, e a chuva em excesso gerou maiores dificuldades de escoamento e acesso às fazendas no Mato Grosso, além de afetar a qualidade do grão armazenado, tornando ainda mais urgente a necessidade de escoamento da soja. 

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta, em seu levantamento semanal, aumento na última semana nos preços dos fretes rodoviários de grãos, em especial para as rotas que têm origem em Mato Grosso. A tendência é que os preços sigam aumentando ao longo do próximo mês.