Petrobras encerra venda de fábrica de fertilizantes no Mato Grosso do Sul

28/Apr 2022 14:42  - Atualizado 2 meses atrás

Mercado Interno

Negociações foram tensionadas após aplicações de sanções econômicas à Rússia, tornando o negócio inviável

Em novo desdobramento, a Petrobras comunicou o encerramento das negociações de venda da Unidade de Fertilizantes Nitrogenados (UFN-III) com a Acron. Em nota, a estatal justifica o encerramento das negociações com base no plano de negócios proposto pelo grupo Acron, que impossibilitou determinadas aprovações governamentais necessárias.

A estatal colocou a unidade à venda em setembro de 2017, alegando não ter mais interesse em seguir na produção de insumos agrícolas, despertando, então, o interesse da empresa Russa. Com o desenrolar do conflito na Ucrânia e a aplicação de sanções econômicas à Rússia e seus empreendimentos, as negociações para a venda da unidade foram encontrando empecilhos, até se tornar inviável. 

A UFN-III foi planejada em um momento em que a Petrobras idealizou o uso do futuro gás do pré-sal como matéria-prima em diferentes negócios, um dos principais era a produção de fertilizantes, importado em larga escala pelo setor agrícola brasileiro.