No Sul, produtores optam por negociar milho ao invés da soja, ocorrendo maior fixação de oferta

25/Mar 2022 09:07  - Atualizado 3 meses atrás

Chapecó mercado do milho Não-Me-Toque podcast Ponta Grossa Porto Alegre Videira

No sul do Brasil, ocorre maior fixação de oferta, na medida em que o produtor tem optado por negociar milho em detrimento da soja.

No estado do Rio Grande do Sul, o que movimenta o mercado do milho é a previsão do tempo com frente fria. A cotação Tarken em Porto Alegre aponta R$103 a saca e chega a R$90 em Não-Me-Toque.

Em Santa Catarina o mercado apresenta fluxo de negócios inexpressivo. Os  vendedores têm pedidas entre R$105 a R$107 e compradores indicam entre R$102 a R$104 por saca.

No Paraná, o mercado também está lento, com a cotação Tarken apontando preços na faixa dos R$100 em Ponta Grossa, Chapecó e Videira. 

Thiago Carvalho