No Sul, mercado tenta reacomodar parâmetros após feriado prolongado, preços chegam a R$100

04/Mar 2022 08:41  - Atualizado 4 meses atrás

Carazinho La Niña mercado do milho Não-Me-Toque podcast Sul

Após o feriado prolongado, no Sul do Brasil o mercado retorna tentando reacomodar parâmetros. No interior do Paraná, as pedidas ficaram em R$100 no sul, e tentativas destes níveis entre Sudoeste e Oeste. O norte do estado segue praticamente sem ofertas e preços nominais. Em Santa Catarina, há notícias de negócios entre R$100 e R$103 à vista. 

A previsão climática aponta chuvas localizadas até a próxima semana para os dois estados. Para o Rio Grande do Sul, a cotação Tarken aponta R$102 em Porto Alegre e preços mais baixos, na casa dos R$98, na região norte, entre Não-Me-Toque e Carazinho. 

Embora o início de março seja mais chuvoso no Rio Grande do Sul, a manutenção do fenômeno La Niña irá manter a precipitação abaixo da média na maior parte dos próximos três meses. Apenas em maio, com a chegada de ondas de frio mais intensas, há maior chance de chuva forte sobre todo o território gaúcho.

Thiago Carvalho