Mercado Externo: redução da previsão de estoque de soja em relatório da USDA, e gigantes do mercado de fertilizantes compartilham fechamento de caixa do ano anterior

09/Feb 2022 16:23  - Atualizado 5 meses atrás

Agronegócio Mercado Externo Milho

Empresas de fertilizantes podem acabar substituindo a Rússia como principal fornecedor frente às tribulações de mercado

Mercado da Soja:

Em relatório mensal, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) reduziu a previsão de estoque de soja estadunidense. A média é ainda menor do que a prevista em janeiro, mas segue acima da projeção média de mercado.

Fertilizantes:

Em alta no mercado, empresas de fertilizantes registram instabilidades no crescimento do lucro. A Norueguesa Yara reportou prejuízo de US$26 milhões no quarto trimestre de 2021 contra lucro líquido de US$246 milhões na mesma época do ano anterior. A queda é atribuída a diferentes fatores, como a redução da produção de fertilizantes e amônia, alta nos preços de matéria-prima para os químicos, como uréia, e em especial à perda de US$232 milhões no projeto de mineração Dallol na Etiópia. Para 2022, a companhia prevê uma tendência positiva, mas se preocupa com a produção de fertilizantes caso haja instabilidades no fornecimento de gás natural devido à instabilidade política na Rússia.

Por outro lado, a empresa norte-americana de agroquímicos FMC obteve lucro líquido de US$193,1 milhões no quarto trimestre de 2021. O resultado representa aumento de 290% ante os US$49,5 milhões registrados em igual período do ano anterior. As vendas na América Latina aumentaram 30% na comparação anual, refletindo a forte demanda por produtos para soja e milho e aumentos de preços no mercado.