Mercado Externo: conflitos entre Rússia, Ucrânia e Bielorrússia podem impactar mercado de fertilizantes no Brasil

08/Feb 2022 16:35  - Atualizado 5 meses atrás

Agronegócio Mercado Externo Milho

Rússia e Bielorrússia são os principais produtores mundiais de nitrato de amônio e cloreto de potássio, matéria-prima de fertilizantes importantes para a produção brasileira


Após a suspensão do comércio de nitratos, a situação geopolítica entre Rússia, Ucrânia e Bielorrúsia pode gerar impactos ainda maiores no mercado brasileiro de fertilizantes. O Brasil importa cerca de 85% dos fertilizantes utilizados em sua produção, e o custo do insumo vem apresentando altas significativas. Mesmo com a saída da Rússia, ainda é possível encontrar fornecedores para fertilizantes; porém, o medo é a alteração nas dinâmicas e aumento excessivo no valor do insumo. Diretor-executivo da Associação Nacional para Difusão de Adubos (Anda) diz que ainda é cedo para fazer projeções sobre o mercado, dado que os problemas podem ser contornados. No entanto, a preocupação persiste