Mercado do Milho no NE e em Tocantins: Tendência de alta nos preços do milho estimula produtores a segurarem seus estoques 

20/Jan 2022 10:24  - Atualizado 5 meses atrás

bahia mercado do milho nordeste podcast Sergipe Tocantins

Os preços no nordeste seguem em alta. Os produtores estão cada vez mais optando por segurar o restante do estoque da última safra para vender entre fevereiro e março, deixando assim os silos livres para a próxima colheita. 

O grande volume de milho que havia chegado nos portos do litoral nordestino no final do ano passado está acabando, e isso tem forçado os compradores a buscarem novos lotes no mercado. Essa crescente demanda, somada à redução da oferta tem feito o mercado reagir dia após dia, aumentando o potencial de alta em toda a região. 

No oeste baiano, vimos os lotes subindo de cerca de R$80 para até R$83, dependendo da região. Já no leste do estado, os preços seguem iguais, variando de R$86, na região de Inhambupe, a R$ 90, na região de Rio Real. 

Já em Sergipe, as propostas giram em torno de R$ 88 a saca e, mesmo assim, os produtores têm optado por segurar mais um pouco. 

No estado Tocantins, em Barra do Ouro e, também, em Porto Nacional, as propostas variam entre R$82 e R$83 a saca. 

Higor Rocha