Mercado do Milho em MG: mercado lento com dificuldades de logística para milho e sorgo, com foco em vendas FOB à vista

15/Feb 2022 10:31  - Atualizado 5 meses atrás

Carmo do Paranaíba Coromandel Divinópolis Ibiá mercado do milho Minas Gerais Pará de Minas podcast Sorgo

O mercado de milho em Minas continua com negociações pontuais, em volumes picados. Muitos produtores seguem tranquilos, uma vez que estão com fluxo de caixa em dia, sem pressa para vender o milho. A crença pela subida nos valores também contribuiu para que esses vendedores sigam firmes em suas pedidas. As chuvas seguem atrasando a colheita da safra, com a expectativa por estiagem a partir do dia 20 de fevereiro.

A demanda por sorgo também continua, sobretudo no norte e noroeste de Minas. Algumas opções surgem com produtores em Goiás, mas o frete e demais variáveis inviabilizam o avanço das negociações. Em Minas Gerais, a disponibilidade de sorgo é praticamente nula. 

Ibiá segue vendendo milho a R$93 a saca, enquanto Patos de Minas e Coromandel registraram preços pontuais a R$93 e R$91, respectivamente. Em Pará de Minas, os compradores seguem com bids na casa dos R$96, em Divinópolis temos R$95, e Carmo do Paranaíba tem pedidas a R$94,50. A dificuldade de contratar transporte também continua, com a preferência muito forte por vendas FOB com pagamento à vista.

Bernardo Lopes