Mercado do Milho em MG: chuvas podem acarretar em perdas na produtividade por hectare e faz produtores considerarem antecipar as vendas, enquanto estoques de milho safrinha seguem caindo

08/Feb 2022 11:19  - Atualizado 5 meses atrás

Bom Despacho Divinópolis Ibiá mercado do milho MG Patos de Minas Perdigão podcast Unaí

Não para de chover em Minas Gerais. Alguns produtores comentam que o volume de chuva em janeiro deste ano chegou à marca dos 50% do volume médio para uma temporada. Esse excesso de chuva, sobretudo no fornecimento, irá acarretar, possivelmente, em uma diminuição da produtividade por hectare. Isso faz com que alguns produtores cogitem negociar o milho para silagem, antecipando as vendas.

Em relação ao milho safrinha, os estoques seguem abaixando, com negociação de lotes pontuais. Em Ibiá e demais cidades no triângulo mineiro, os preços seguem próximos aos R$94, mas o volume disponível já não é tão grande, com algumas cidades no noroeste de Minas começando a reportar lotes vazios, como Patos de Minas e Vazante.

Unaí segue com pedidos próximos a R$89,50, e Buritis a R$77 a saca. Já na região de Minas Central, a disponibilidade de milho é muito baixa. Os estoques em Bom Despacho disponíveis na última semana de Janeiro já foram comercializados, em torno dos R$95. Há expectativa pela colheita de milho próximo à Divinópolis e Perdigão, por volta do final de março e início de abril. Fala-se de alguns preços de milho futuro para essas datas, mas por hora, são apenas especulações. O mercado Spot segue como mais forte para essa safra.

Bernardo Lopes