Importações de milho da China batem novo recorde em 2021

19/Jan 2022 16:15  - Atualizado 5 meses atrás

china mercado do milho Mercado Externo

No acumulado do ano, a China importou 28,35 milhões de toneladas de milho, uma alta de 152% em relação a 20220

A China, principal mercado de grãos do planeta, importou 28,35 milhões de toneladas de milho em todo ano de 2021, uma alta de 152% em relação ao ano de 2020, quando foram importadas 11,3 milhões de toneladas, o que já era um recorde. Os dados são Administração Geral Alfandegária e divulgados pela Reuters.

A redução do gigantesco estoque temporário de grãos de Pequim e o clima desfavorável que afetou a safra na principal região produtora em 2020, o preço do milho chegou a um patamar recorde no ano passado. Compradores intensificaram as importações de grãos como milho e trigo para suprir a diferença doméstica na oferta de milho.

As importações de trigo nos primeiros 12 meses do ano também bateram o recorde com 9,77 milhões de toneladas, alta de 16,6% a partir dos 8,38 milhões em 2020, apontam os dados.

Já no final do ano, a gana dos chineses por grãos importados mostrou sinais de queda. A robustez da safra pressionou os preços nacionais para baixo, enquanto a demanda de ração para a pecuária enfraqueceu com a margem da produção de carne suína em queda.

As importações chinesas de milho alcançaram 1,33 milhão de toneladas em dezembro, volume 39,9% inferior ao registrado em dezembro de 2020.