Em MG, preço médio sobe R$5, e produtores e compradores não cedem em ofertas

07/Mar 2022 09:11  - Atualizado 4 meses atrás

mercado do milho Minas Gerais Nazareno Patos de Minas podcast Vazante

Em Minas Gerais, o mercado de grãos segue dinâmico, com a estiagem favorecendo o avanço da colheita da safra atual. Enquanto a região do Triângulo Mineiro e Noroeste do estado registram poucas negociações, com volumes de milho pontuais, outras regiões mais ao sul do estado, como Nazareno, estão com silos estocados em um ritmo mais quente de negociações. 

O mercado externo continua influenciando o preço dos grãos, com aumento significativo no preço do milho na B3, subindo em média R$5 na última semana, preço para os próximos meses como maio, junho e julho. O mercado Spot também reage, com produtores pouco dispostos a baixar os preços para uma venda imediata, a não ser em casos específicos em que haja necessidade de liberação de espaço nos silos. Apesar de todo esse cenário, os compradores se mantêm firmes em seus pedidos, contribuindo para o baixo número de negociações. 

Algumas regiões, como em Minas Central e também no Triângulo, estavam com dificuldade para colher por conta do excesso de chuvas, mas começaram a ter janelas para avançar com a colheita da safra  e com o plantio da safrinha. Os principais preços sugerem R$93 em Nazareno, assim como em Ibiá, e R$94 e R$95 no Nordeste Mineiro, em Patos de Minas e Vazante.

Bernardo Lopes