China segue sendo a maior compradora de soja brasileira

17/Jun 2022 17:15  - Atualizado 2 semanas atrás

mercado do milho Mercado Externo

A exportação para o país alcançou a marca de 28,743 milhões de toneladas, representando cerca de 67% do volume do grão. Apesar do número expressivo, houve uma queda em comparação com o ano anterior, que alcançou a marca de 32,735 milhões de toneladas em 2021, segundo dados do ministério da agricultura.

Depois da China, os maiores compradores da soja brasileira são Espanha e holanda que exportaram 2,098 milhões de toneladas e 1,371 milhão de toneladas respectivamente. 

As exportações seguem em ritmo acelerado não apenas para a soja. 

Nos primeiros dias úteis de junho, o Brasil já exportou mais de 288,676,5 toneladas de milho não moído (exceto milho-doce), conforme o ministério da indústria, comércio exterior e serviços, divulgado em relatório. 

Esse número já é 213,2% maior que o mesmo período do ano anterior. Isso significa em termos financeiros um total de $98,107 milhões no período, contra $22,022 milhões de todo junho do ano passado. Já o preço por tonelada obtido subiu 42,2% no período, saindo dos us$ 238,90 no ano passado para us$ 339,90 neste mês de junho.

Etanol

Boas notícias para fornecedores de insumo para usinas de etanol. Essa semana foi aprovado por unanimidade pelo senado a PEC que ajudará a manter a competitividade do etanol.

A PEC 15/2022 prevê a criação de um regime fiscal favorecido para os biocombustíveis, estimulando a produção e consumo desse combustível em comparação com os tradicionais de origem fósseis. Além do etanol se tornar mais atrativo por questões financeiras, essa é uma prática para estimular o consumo de combustíveis limpos. 

Apesar da matéria-prima mais utilizada para a fabricação do etanol ser a cana-de-açúcar, observamos nos últimos anos uma crescente na procura pelo milho como insumo para sua produção, suprindo a necessidade de matéria-prima na entressafra de cana. Dessa maneira, incentivos para o consumo do etanol, significam um sinal verde para produtores de milho que tem como destino de sua produção a indústria de biocombustíveis.