Brasil fortalece relações comerciais junto ao Irã

21/Feb 2022 14:40  - Atualizado 4 meses atrás

Agronegócio Fertilizante Mercado Externo Milho

A Aprosoja-MT, que estava na comitiva, revelou estar em fase de negociação com o país árabe para a obtenção de 5 milhões de toneladas de ureia

Em missão diplomática ao Irã, a Ministra da Agricultura Teresa Cristina assinou uma declaração conjunta com os representantes do Ministério da Agricultura Iraniano, de modo a manifestar o interesse em ampliar o comércio bilateral na área agrícola entre os dois países. O Irã importou do Brasil, em 2021, cerca de 6 milhões de toneladas de produtos agrícolas, com destaque para o milho e a soja em grão, totalizando US$1.9 bilhões. A missão contou ainda com um encontro da Ministra com representantes da indústria petroquímica iraniana, com o objetivo de abordar questões relacionadas à importação da ureia iraniana para o Brasil, que hoje importa cerca de 600 mil toneladas por ano; a expectativa iraniana é que com o fortalecimento das relações comerciais entre os países, o número possa triplicar, chegando a 2 milhões de toneladas do composto nitrogenado.
Na comitiva, estavam o presidente, diretor executivo e diretor administrativo da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), que está em fase de negociação com compradores do Irã. Os brasileiros pretendem enviar ao Irã cerca de 5 milhões de toneladas de milho, recebendo, em contrapartida, a mesma quantidade em fertilizantes. O acordo é bem visto entre produtores e o Ministério da Agricultura, dada a crise de fornecimento e alta nos preços e dificuldade de fornecimento do insumo atualmente.